logo

Venha descobrir Chaves-Verín

Atualmente, a Eurocidade consolidou-se como um espaço turístico termal de excelência, com uma visão integrada: uma oferta inovadora e de qualidade no âmbito das infraestruturas e serviços especializados (balneários termais); uma oferta profissionalizada no âmbito da hotelaria e restauração; desenvolvimento de serviços e atividades complementares dinamizadoras inseridas num contexto amigável, saudável e ambientalmente sustentável. Aqui encontrarão informação de extrema utilidade, aprenderão a contemplar o nosso património, a apreciar as nossas paisagens, a emocionar-se com os nossos recantos e a apreciar a nossa gastronomia e festas.

Sobrevoando o território desde o Norte, a viagem pela Eurocidade Chaves-Verín começa, avistando em primeiro lugar as terras de Monterrei, concelho vizinho com Verín, onde inicia a história deste vale, e observamos um conjunto amuralhado, o seu castelo, baluartes defensivos, o hospital de peregrinos, igreja e as casas dos vassalos e dos condes de Monterrei. Em frente ao castelo, elevado sobre uma colina, encontrava-se o antigo colégio dos jesuítas, hoje Parador Nacional de Turismo. Vinhedos, terra de vinhos com denominação de origem, Verín é Godello e Mencia, características que conferem a este vale personalidade própria e que o visitante pode usufruir percorrendo a Rota dos Vinhos de Monterrei. Passando do vinho à água, em Verín, bairro norte da Eurocidade, três balneários, Sousas, Fontenova e Cabreiroá engarrafam as suas águas minerais, nascentes dos quais afloram águas puras e transparentes e um quarto balneário, o de Caldeliñas, que destaca o importante papel do termalismo no passado desta vila.
Vista aérea de Verín
O Tâmega, afluente galego do Douro e elo de ligação dos dois bairros, cruza Verín, fluindo o seu caudal em direção ao sul, e seguindo o seu caminho, o de Santiago, até cruzar a “raia” com Portugal e chegar a Chaves, a Aquae Flaviae romana. O castelo medieval, o forte de São Francisco, a ponte romana ou as termas romanas, recentemente descobertas, revelam o seu glorioso passado termal, que hoje se pode apreciar através das suas qualidades terapêuticas nas Termas do Imperador. Continuamos a viagem pelo vale do Tâmega, em direção a Vidago, deixando-se cativar pelo charme do histórico Palace e a sua paisagem natural. E já na mesa, nada melhor do que saborear o afamado presunto e o fumeiro, ingredientes fundamentais na elaboração do folar, bem como os conhecidos “pastéis de Chaves” que com toda a certeza farão as delícias dos paladares mais exigentes.

Para quem não conhece este território, convidamos-lhe a visitá-lo e para aqueles que já começaram a descobri-lo, desejamos que continuem a partilhar e a apreciar todos os recantos e atrativos deste destino único, a Eurocidade Chaves-Verín.
Vista aérea de Chaves
web engineered by hostname.pt